Celebrando com perguntas e respostas

Para celebrar o meu décimo VLOG eu resolvi responder a algumas das várias perguntas que recebi desde que comecei esta série.

Você tem alguma dúvida ou curiosidade cuja resposta poderia gerar conteúdo interessante para outras pessoas que acompanham o VLOG? Escreva sua pergunta nos comentários do vídeo e eu responderei em um dos próximos "perguntas e respostas". =)

Doutor de artes musicais

Ao final de um grande ciclo de aprendizado, a sensação que me vem é a gratidão e admiração por aqueles que me ajudaram a crescer.

Junto com o título de Doutor e a longa pesquisa finalizada vem o dever de passar adiante os conhecimentos adquiridos e ajudar novas gerações a lutar pelos seus sonhos.

Obrigado a todos os grandes mestres que já tive!

Partituras, um estranho prazer

A edição e o preparo de partituras é com certeza a parte mais tediosa do processo de composição e arranjo, mas para mim sempre traz um satisfação especial. É um ato que simboliza o final de um ciclo, a realização de uma idéia artística e a perspectiva da performance desse novo material musical.

Esse ato é ainda mais animador quando feito as vésperas de um ensaio. Não que eu recomende ficar até as 5 horas da manhã fazendo isso como eu fiz no dia deste VLOG.

No episódio anterior eu falei sobre perfeccionismo, procrastinação e trabalho obsessivo. Aqui eu acabo de concluir essas três etapas que são, em diferentes proporções - parte de todos projetos que eu faço.

Perfeccionismo, procrastinação e trabalho obsessivo

Eu sou um perfeccionista.

Muitas vezes me questiono se isso é uma benção ou maldição.

Perfeccionismo pode ser uma coisa fantástica. Ele faz você tentar ser a melhor versão de si mesmo em qualquer coisa que você faça. O problema é que, muitas vezes, ele te bloqueia de fazer coisas que você não se considera "bom o suficiente".

Nós, perfeccionistas, lidamos com nossos próprios anjos e demônios: procrastinação e seu antagonista, o trabalho obsessivo. Esse episódio do VLOG, como muita coisa da minha vida, é a história da batalha entre esses dois.

A voz da procrastinação pode ser muito útil quando ela faz com que seu trabalho "decante", quando ela faz com que você amadureça ideias. Mas, essa mesma voz também pode ser muito perigosa quando tira seu foco, tempo, e coloca em risco a conclusão do seu trabalho no prazo estipulado.

Já a voz que te leva ao trabalho obsessivo pode ser muito proveitosa quando faz você avançar nos seus projetos a toda velocidade, ou melhora-lo dentro do melhor das suas habilidades. Ao mesmo tempo, ela pode te cegar para outras coisas importantes, fazer você andar em círculos buscando a perfeição e, em última análise, te direcionar para uma vida totalmente desbalanceada.

O melhor e o pior de Nova Iorque

Nova Iorque sempre foi um destino favorito para mim, mas nunca por um longo período; viagens em familia, workshop de composição em trilha sonora na Universidade de Nova Iorque (NYU) e a minha estréia como compositor no Carnegie Hall.

Mas, a realidade de quem vive na cidade é diferente de quem vem a passeio. São essas histórias e impressões que eu queria ouvir quando me encontrei com amigos que hoje moram na metrópole. Saber o que há de melhor e de pior em morar em Nova Iorque na visão destes colegas artistas.

Em Busca de um sonho

A viagem para a busca de um sonho é quase uma convenção narrativa no mundo dos romances e contos de fadas. Na minha vida isso tem se mostrado quase como uma necessidade.

Seis anos atrás eu planejava minha vinda para os Estados Unidos. Hoje, depois de mais de cinco anos vivendo em Miami, eu busco o próximo destino da minha jornada. Nova Iorque, uma paixão antiga, parece me chamar para os próximos passos.

Por que compartilhar?

Nessa era digital das mídias sociais a idéia de "compartilhamento" tomou novos sentidos, novas proporções e ganhou novos poderes.

Não que antes nós não compartilhávamos, mas isso era limitado as pessoas que encontrávamos no dia a dia, ou, quando muito, quando resolvíamos ligar para alguém para contar alguma noticia. Somente a grande mídia tinha o poder de disseminar uma informação em grande escala.

Hoje isso tem mudado. Qualquer pessoa com acesso a internet tem a capacidade de compartilhar uma informação com dezenas, centenas ou milhares de pessoas quase que instantaneamente. Nesse momento eu me pergunto: "POR QUE COMPARTILHAR?" e talvez ainda mais importante "O QUE COMPARTILHAR?"

A idéia dessa série de VLOGS em si é um experimento e um exercício de compartilhamento.

Nesse segundo vídeo da série eu resolvi exagerar: compartilhar o tipo de coisa que normalmente não compartilharia. E pra que? Me questionar, te questionar.

RPL Vlog 001

Estou começando um vlog!

 

Depois de 10 anos com meu canal do youtube e mais de 100 vídeos postados, eu decidi que era hora de começar um projeto de vídeo diferente para o canal, adicionar um novo elemento a minha presença virtual. Então sim, eu comecei um VLOG pra valer! O objetivo é postar um vídeo novo a cada semana!

Eu sei que isso vai me tomar bastante tempo e energia para produzir com regularidade, mas eu sinto que é o momento certo para criar um novo vínculo com as pessoas que ouvem minha música e acompanham meu trabalho. Espero que vocês gostem!

Se você não se inscreveu ainda, fica o convite! =D

Anúncio Inicial

Anúncio Inicial

Essa sessão da minha página é dedicada aos meus VLOGS (vídeo blogs). Eles são uma série de vídeos mais informais onde divido pensamentos sobre minha vida e trabalho. Se você tem interesse sobre o que acontece nos "bastidores" da minha carreira, meus pensamentos sobre música, arte e também outros tópicos sem aparente relação, pode ser que você goste destes vídeos! Sente, relaxe, de umas risadas e aproveita a jornada!