Partituras, um estranho prazer

A edição e o preparo de partituras é com certeza a parte mais tediosa do processo de composição e arranjo, mas para mim sempre traz um satisfação especial. É um ato que simboliza o final de um ciclo, a realização de uma idéia artística e a perspectiva da performance desse novo material musical.

Esse ato é ainda mais animador quando feito as vésperas de um ensaio. Não que eu recomende ficar até as 5 horas da manhã fazendo isso como eu fiz no dia deste VLOG.

No episódio anterior eu falei sobre perfeccionismo, procrastinação e trabalho obsessivo. Aqui eu acabo de concluir essas três etapas que são, em diferentes proporções - parte de todos projetos que eu faço.